(para entender como tu começou veja o post anterior: https://aquelecaminho.com/2014/01/19/nutri-guerra-parte-primeira-e-so-o-comeco)

 

 

 

 

– Bom, agora que temos todas as suas medidas, podemos começar a conversar.

 

Achei um pouco fria esta frase da Nutricionista. Ela só tirou “algumas medidas”. Faltam outras tão importantes quanto: que filmes assisto? Como estou me sentindo? Qual o nome dos meus amigos? Medir já é algo tão difícil, mas me transformar em centímetros, dobras e porcentagens é desumano. Mas não falei isso, fiquei com medo dela se irritar o puxar o alicate de gordura (adipometro, lembra?)…

 

– Você gosta de beber?

– Água? Sim.

– (Risos). Não, não. Cerveja, destilados, estas coisas.

– Eventualmente.

– Pois tenho uma ótima notícia!

– Oba!

– Esta proibido. Além de se sentir muito melhor, você não terá mais ressaca.

– Oxe, mas o mundo ficará mais pesado, menos leve. Seria injusto da minha parte fazer isto com o Planeta. Além do mais, a maioria das piadas perderão a graça e, muita menina por ai, irá ter que comprar mais maquiagem.

– Ok. Duas doses de destilado por semana. Nada mais.

– Senhora, sim Senhora!

 

Piadas a parte, fiquei surpreso com a conversa. Admito que eu havia levantado uma barreira para impedir que ela atacasse minhas guloseimas. Com o andar da consulta, acabei sentindo confiança e revelei meus gostos e hábitos alimentares.

 

Doce engano.

 

Aliás, engano adoçado com sucaralose. Os doces foram cortados.

 

A general do futuro 1.º grupamento de tanques Lucas deu ordens claras e aterrorizantes. Terei que cumprir, haja o que houver. Doa o que doer. Foma o que fomer.

Café-da-manhã? Pode até ser de manhã, mas sem café. Existe toda uma tabela de trocas. Por exemplo, logo cedo posso trocar o suco verde diário por água de Berinjela.

Para quem não sabe, suco verde é uma destas maravilhas gastronômicas, possivelmente descobertas por alguma tese de doutorado. Basicamente composta pelo que há de melhor em termos nutritivos na Natureza: pepino, couve, gengibre, maçã, abacaxi etc.

Já a água de Berinjela é realmente o que o nome diz. Ponto. Sem espaços para interpretações. Posso escolher entre uma ou outra.

Isto não me deixou aperriado (desesperado, para quem não entende o dialeto). Já havia experimentado o suco verde. Ao contrário do que a lista de ingredientes promete, o gosto é bem razoável e mistura é tragável o suficiente para não estragar o dia.

 

Aperriado mesmo fiquei quando, por um simples ato de inocência, perguntei de quanto era “cota” de castanha no suco-verde-da-manhã (sem café, lembra?) escrita no cardápio.

 

– Escrevi “cota”? Desculpe, quis dizer “uma” – respondeu a Faraó feminina da Pirâmide Alimentar.

 

Nutricionistas revelam-se ótimas especialistas em palavras. Em uma só consulta, pude redefinir o significado duas palavras. Primeiro foi “humilhação” (post anterior!).

Desta vez, a palavra escolhida foi “arrependimento”.

Pense em um arrependimento. Uma castanha é sacanagem. Ninguém come uma castanha. Castanha é uma palavra que se escreve no plural. SEMPRE.

 

– Mais alguma dúvida no cardápio?

– Não Senhora, nenhuma dúvida Senhora. Senhora, tudo está claro agora, Senhora – esses filmes de guerra nos ensinam bem a tratar os comandantes.

 

Na verdade, havia uma dúvida.

Porém eu estava com medo de perguntar o que era “swing de folhas”. A resposta pode me deixar constrangido.

Prefiro imaginar.

 

– Bom. Por último, vou te dar um SOS doces.

– Para que serve isso?

– É ótimo! Sabe quando dá aquela vontade de comer doces? Então, o SOS sacia esta vontade.

– Oba! Pode passar.

– Pronto, tá aqui. Chama-se 5-HTxxxxx

 

Parei de escutar. Que tipo de doce de baixa caloria era esse? 5-HTP-xxx%^#$%^#$x? Resolvi perguntar.

 

– Doutora, ele tem sabor chocolate?

– É uma pílula manipulada. Você manda fazer na farmácia sem gosto.

– Ah… deixa para lá, perdi a vontade de ter vontade.

 

No fim, gostei bastante. Faz parte reclamar, reagir à mudança. Especialmente quando afeta a barriga e a boca. Deixe ela quebrar minha barreira de guloseimas, com alguns poucos arrependimentos, acho que foi tudo bem.

 

Sai satisfeito. Fui na lanchonete da esquina, a consulta varou a hora do almoço toda.

 

Havia uma promoção de salgado com milk-shake: R$9,99.

 

Foi minha despedida.